Cadastre-se!

Login

Senha perdida

Perdeu a sua senha? Tudo bem, acontece! Informe o seu e-mail e clique em "Reset" que você receberá instruções para criar uma nova senha.

Login

Cadastre-se!

Junte-se a esta comunidade! Cadastre-se e comece a participar, perguntando, respondendo, ajudando e sendo ajudado!

CD Player Automotivo – Saiba Escolher o Seu – Parte 2/3

Ajude, Compartilhe :)
  • 6
  •  
  •  
  •  
  •  

Vamos à Segunda parte sobre as Características que você deve ficar atento ao comprar o seu CD Player Automotivo.

Se você não leu a Primeira parte, te convido a ler aqui.

Características de um CD Player quanto ao Controle e Ajustes

CD Player Pioneer

O Volume. Você deve estar se perguntando, mas controle de volume todos tem e são iguais! Sim todos tem mas não são iguais. Existem os Analógicos, os Digitais e os analógicos-digitais. O primeiro, talvez menos comum hoje em dia, utiliza resistor variável e é propenso a desgaste à medida que você gira o botão e pode influenciar no som, especialmente na hora do ajuste. Já o segundo e o terceiro o desgaste é bem menor e não influencia diretamente no som. Mas eu particularmente acho bem interessante os Analógicos-Digitais (que possui um botão giratório) porque facilita o ajuste e é mais intuitivo comparado ao digital simples (2 botões, + e -).

Ajuste do Grave e do Agudo. Para modelos que não possuem um Equalizador, estes são os ajustes de som mais básicos que qualquer aparelho deve ter.

Loudness e Bass Boost. O primeiro tem a função de aumentar o Grave e o Agudo ao mesmo tempo, fazendo com que os “médios” (que geralmente causam mais ruídos) percam um pouco o peso na música. Já o Bass Boost é um recurso para elevar apenas o Grave, dar um “up” na frequência mais baixa. É um recurso muito bom para aqueles que curtem som mais “pesados”.

Equalizador. Não é muito comum, mas se você é daqueles que quer fazer ajustes finos, faixa a faixa de Frequência é bom escolher um que possua um equalizador. Com ele você pode também fazer uma espécie de “filtro Low Pass”, ou seja, fazer com que amplifique somente faixas de frequências médias-baixas e fazer um som apenas com Graves. Há quem curte isso.

Filtro HP. Este recurso, o Filtro para Agudo (que pode ser abreviado de HPF), é ainda menos comum, mas se você é daqueles que prezam muito pela qualidade sonora vale a pena ter um com esse ajuste. Com ele você bloqueia a amplificação da faixa de frequência mais baixa (Grave) pelo CD Player, deixando esta função para um Modulo específico para Graves. Isto melhora a qualidade e evita distorções porque os Alto Falantes normais (das portas e tampão) dificilmente reproduzem eficientemente os graves, e assim você passa a “responsabilidade” para os Subwoofers.

Ajuste do volume do  Subwoofer e inversão de Fase. Os aparelhos com saída RCA específico para Modulo de baixa frequência (Sub) pode vir com este Ajuste. É ótimo porque neste caso não necessita um controle próprio (remoto do Modulo) que seria um trabalho a mais na instalação. O recurso da Inversão de Fase é útil para ajustar o Sub a trabalhar na mesma fase dos Falantes, isto é, com o mesmo deslocamento de ar, pois dependendo da instalação que você fizer com o Sub ele pode trabalhar na fase invertida e “quebrar” o seu som, ou fazer com que ele anule parcialmente. Com esta inversão de Fase você resolve isso.

Correção do Tempo. Este é mais um daqueles ajustes muito fino para pessoas que apreciam cada detalhe do som. Para muitos é algo meio subjetivo, ou seja, imperceptível, mas como eu falei, para aqueles aficionados pode fazer diferença sim. O que ele faz é corrigir o tempo sonoro de cada Falante de acordo com a posição do ouvinte, no carro. Por ex. se você está sentado no banco do motorista, os falantes dianteiro esquerdo e dianteiro direito assim como os traseiros não estão à mesma distância do seu ouvido. Isto causa uma pequena distorção pois o tempo do som chegar ao seu ouvido é diferente, e aí que entra o ajuste. Mas como se pode perceber, são detalhes muito pequenos.

Busca de Música/faixa. Se o seu aparelho possuir conectividade com Pen-drive ou MP3 (iPod/iPhone etc) um bom “buscador” de trilha ou faixa de música seria interessante pois nestes casos o repertório pode ser muito grande, talvez milhares de canções, e sem um bom buscador seria quase impossível encontrar uma música desejada.

Na Terceira e última parte, veremos as Características quanto a Conectividade, aspecto Físico e Eletrônico.

Tem Dúvidas? Faça perguntas!

Gostou do artigo? Curta e Compartilhe nas redes sociais! Com essa Atitude simples você pode Ajudar alguém! Obrigado!

Achou útil? Curta, marque +1 :)

Sobre o Autor

Desejo fazer deste site/blog uma grande comunidade com informações ricas e muito úteis para os amantes de som, sobretudo de qualidade.

Comments ( 2 )

  1. […] Na segunda parte, vamos falar sobre as Características quanto ao Controle e Ajustes. […]

  2. […] Se você ainda não leu as partes anteriores, convido a ler aqui a Primeira e a Segunda parte. […]

Leave a reply

Você pode usar as seguintes tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>