Cadastre-se!

Login

Senha perdida

Perdeu a sua senha? Tudo bem, acontece! Informe o seu e-mail e clique em "Reset" que você receberá instruções para criar uma nova senha.

Login

Cadastre-se!

Junte-se a esta comunidade! Cadastre-se e comece a participar, perguntando, respondendo, ajudando e sendo ajudado!

Modulo de Som – Conheça os Principais Recursos e controles

Ajude, Compartilhe :)
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Agora que você já conhece as principais Características de um Modulo de som, vamos ver quais são os principais Recursos como Controles ou Regulagens disponíveis neles.

Se você ainda não leu sobre as Principais Características, leia aqui.

Principais Recursos disponíveis em um Modulo de Som

modulo de som

Dentre os mais comuns ou básicos podemos citar:

Input Level ou Controle do Nível do Sinal de Audio na Entrada. Funciona como “volume” do Modulo, mas na verdade regula o Nível do Sinal do som que entra no Modulo. Embora você possa regular para “aumentar” o volume ao seu nível desejado, o ideal é que deixe ele num nível seguro (nem pouco e nem sensível demais), num nível que trabalhe harmoniosamente com o Controle de Volume do Head Unit (CD Player por ex.). Geralmente este controle começa em alguns Volts (por ex. 5V no caso de RCA e 20V no caso High Level) e vai até algumas centenas de mVolts (ex. 200mV – que é igual a 0.2V – no caso de RCA e 600mV no caso High Level) e como dito antes, embora você possa regular no seu nível desejado, o ideal é que fique próximo à Voltagem do Sinal de Saída do CD Player / Head Unit. Com isto você evita que o som dirtorça e minimiza o risco de danos ao Modulo.

Alguns modulos oferecem reguladores remotos de “volume” para serem instalados no painel do carro ou em alguma área próxima (e de fácil acesso) possibilitando que você regule facilmente e confortavelmente sempre que desejar, de dentro do carro mesmo.

Filtro High Pass e Low Pass. Muito abreviado como HPF (ou Filtro HP) e LPF (ou Filtro LP) geralmente o chaveamento desse Filtro oferece também a alternativa Off ou Flat quando não deseja utilizar nenhum filtro. O Filtro HP permite que passe somente Frequências Altas e é usado para Alto Falantes comuns (Woofers), Drivers e Tweeters. Já o Filtro LP faz exatamente o contrário, permitindo que passe somente Frequências Baixas, e é usado para alimentar Subwoofers. Geralmente esses filtros são acompanhados de reguladores de corte de frequência, que citarei abaixo.

Controle do Filtro HP/LP ou “X-Over”. Disponível em Modulos com Filtros, obviamente, mas também em Modulos Monos (neste caso somente para Graves ou LP) ele serve para selecionar a Frequência de Corte, isto é, o limite da Frequência Alta ou Baixa que você deseja amplificar. Em conjuntos “Hi-Fi” ou de Alta Qualidade é comum fazerem o uso do filtro HP para bloquear frequências baixas que podem distorcer o conjunto de Falantes. Mas o mais comum com certeza é fazer o uso do filtro LP para bloquear frequências altas, em Modulos ou canais destinados ao Sub, para amplificar somente as frequências Baixas (Graves). Neste caso, se você quer que apenas os sons extremamente graves sejam amplificados, você regularia para aproximadamente 40Hz, mas se você quer ouvir também os graves mais “secos” (batidas) poderia deixar em torno de 100Hz.

Bass Boost ou reforço de Grave. Este é um recurso disponível apenas para Modulos Monos, de Grave ou com Filtro LP, e serve para dar um realce no Grave (frequências Baixas). Alguns dispões de reguladores chaveados (como 0dB / +6dB / +12dB) e outros oferecem reguladores lineares, como por ex., escalonados de 0dB à +12dB.

E assim como o Controle de Nível, alguns modulos oferecem reguladores remotos que são muito úteis para aqueles que ouvem músicas com entonação de Grave das mais diversas, pois uma regulagem simples (no Modulo) nunca ficará muito bom para todas as músicas, algo que uma regulagem específica para cada tipo de música resolveria.

Saídas RCA Auxiliares. Este é um recurso interessante quando se deseja instalar mais de 1 Modulo pois nem sempre os Head Units oferecem saídas suficientes (em RCA), por ex. 4 saídas para um modulo 4 canais/Falantes + 1 ou 2 saídas para outro modulo Mono/Subs. Neste caso, você pode utilizar um Modulo 4 canais normalmente e suprir com as suas Saídas RCA (se houver) um segundo Modulo para Sub. É como fazer uma “extensão”.

Agora que você já conhece os principais recursos de um Modulo de som, que tal ver os recursos adicionais?

Tem dúvidas? Faça perguntas!

Gostou do artigo? Curta e Compartilhe nas redes sociais! Com essa Atitude simples você pode Ajudar alguém! Obrigado!

Achou útil? Curta, marque +1 :)

Sobre o Autor

Desejo fazer deste site/blog uma grande comunidade com informações ricas e muito úteis para os amantes de som, sobretudo de qualidade.

Comments ( 4 )

  1. […] Se você ainda não leu o artigo anterior, convido a ler aqui. […]

  2. […] Para entender mais sobre Modulo, continue lendo sobre os Principais Controles e Regulagens disponíveis em Modulos de Som. […]

  3. Bom dia,
    Gostaria de sua sugestão que será de grande importância para um projeto de som que estou querendo montar.
    Quero montar uma caixa de som grande tipo geladeira, vou colocar 2 portinhas nela e quando abertas ficara uma a esquerda e outra a direita, estas portas seria para guando não estivesse em uso a caixa ficaria fechada para não estragar os alto falantes.
    Vou colocar uma mesinha de som que dê para ligar 2 microfones e 2 ou 3 instrumentos, tipo violão, viola e sanfona.
    Eu estava pensando em colocar 2 graves na parte de baixo , agora nas portas e no meio que esta a duvida, qual alto falante seria melhor , gostaria muito que o som ficasse bom .
    O técnico falou para eu encher de 6×9 más não sei se ficaria bom, gostaria de aproveitar bem esta caixa e os recursos que hoje existe, porem sabendo do limite de gastos R$$$.
    Uma caixa cheia de 6×9 acho que não ficaria esteticamente bonita, dei a sugestão de colocar kit 2 vias nas portas da caixa , porem o técnico falou que é jogar dinheiro fora.
    Oque você acha, qual é sua sugestão para montar esta caixa?
    Desde já agradeço sua atenção
    Rodrigo Carrijo

Leave a reply

Você pode usar as seguintes tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>